ESPORTES

Com dois de Diego Souza, Grêmio vence Cuiabá e se classifica na Copa do Brasil

Publicados

em

Grêmio confirmou seu favoritismo e se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil. Após vencer o jogo de ida por 2 a 1, o Tricolor derrotou o Cuiabá nesta quarta por 2 a 0 na Arena e avançou para as semifinais, seguindo em busca de seu sexto título da competição.

Na próxima fase, os gremistas encaram o São Paulo, que eliminou o Flamengo após vitória por 3 a 0 no Morumbi.

O jogo

Os gaúchos procuraram garantir a vaga na semi desde o início e dominaram o primeiro tempo. A equipe neutralizou o adversário e  saiu na frente logo aos nove minutos.

Depois de uma bela tabela entre Diogo Barbosa e Matheus Henrique, a bola ficou com Pepê pelo lado esquerdo, que dominou e cruzou para a área. Diego Souza ganhou da marcação e cabeceou firme para abrir o placar.

O Grêmio continuou em cima do Cuiabá e ampliou aos 20, novamente com o camisa 29. Porém, a arbitragem marcou impedimento de Matheus Henrique no começo da jogada e o gol foi anulado. Quatro minutos depois, David Braz aproveitou bom cruzamento de Jean Pyerre e desviou para as redes, mas o zagueiro estava em posição irregular e o tento também foi invalidado.

Leia Também:  Athletico-PR vira contra o Fortaleza e quebra jejum de vitórias no Brasileiro

Os donos da casa seguiram controlando a etapa inicial e chegaram ao segundo gol no finalzinho da etapa inicial, aos 41. Pepê foi lançado em velocidade pela esquerda e tocou para Diego Souza, livre do lado direito. O atacante ajeitou e bateu forte para anotar mais um na partida e aumentar a vantagem gaúcha.

Com a classificação bem encaminhada, o Tricolor diminuiu o ritmo no segundo tempo e começou a administrar o resultado. O Cuiabá aproveitou e tentou atacar para buscar uma reação milagrosa.

Os visitantes tiveram mais posse de bola para chegar ao gol, mas tiveram dificuldades na criação de jogadas e não levaram muito perigo ao goleiro Vanderlei. Os mandantes ainda construíram mais algumas oportunidades mas também não marcaram. Assim, o placar não foi mais alterado no confronto e o Grêmio garantiu sua vaga para as semifinais da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 CUIABÁ

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 18 de novembro de 2020, quarta-feira
Hora: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Marcus Vinícius Gomes (ambos de MG)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartões amarelos: Willians Santana (Cuiabá)

Leia Também:  No sufoco, Coritiba vence Cianorte e sai na frente na semi do Paranaense

GOLS: Diego Souza, aos 9′ e aos 41′ do 1ºT (Grêmio)

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Pedro Geromel, David Braz e Diogo Barbosa; Matheus Henrique (Lucas Silva), Darlan (Ferreira) e Jean Pyerre (Thaciano); Pepê, Diego Souza (Churín) e Éverton (Isaque).
Técnico: Renato Portaluppi

CUIABÁ: João Carlos; Rayner (Diego Jardel), Ednei, Anderson Conceição e Romário; Nenê Bonilha (Auremir), Matheus Barbosa e Elvis; Iago (Lenon), Willians Santana (Perdigão) e Maxwell (Pierini).
Técnico: Allan Aal

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Santos vence a LDU na altitude de Quito e abre vantagem nas oitavas da Libertadores

Publicados

em

Por

O Santos venceu a LDU por 2 a 1 na noite desta terça-feira, no Estádio Casa Blanca, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores da América. Os gols foram marcados por Soteldo e Marinho. Os visitantes balançaram as redes com Jhojan Julio.

O Peixe superou os desfalques e a altitude de 2850 metros em Quito, no Equador. Depois de primeiro tempo com muitos espaços na marcação, o Alvinegro voltou melhor para a etapa final, quando desempatou e sofreu menos na defesa.

Como o gol fora de casa é qualificado na Libertadores, o Santos pode empatar ou até perder por 1 a 0 para avançar às quartas de final. A decisão ocorrerá na próxima terça, também às 19h15 (de Brasília), na Vila Belmiro. 2 a 1 levaria a eliminatória para os pênaltis.

Antes de receber a LDU, o Peixe enfrentará o Sport no sábado, também na Vila, às 17h. O Alvinegro pode poupar parte dos titulares.

O JOGO

O Santos suportou a pressão inicial da LDU e aproveitou a primeira chance criada. Pará fez bonita jogada individual e cruzou para Soteldo fazer o gol aos cinco minutos.

Leia Também:  No sufoco, Coritiba vence Cianorte e sai na frente na semi do Paranaense

A partir daí, a LDU dominou o jogo. Com a posse de bola e melhor fisicamente, a equipe dona da casa empilhou chances. No minuto 27, Perlaza bateu para boa defesa de John. E nos acréscimos, veio o empate.

O Santos cedeu um contra-ataque no último lance da etapa inicial. Billy Arce avançou e bateu para ótima defesa do goleiro John. No rebote, Jhojan Julio subiu mais que Diego Pituca e Marinho e empurrou para as redes de cabeça.

SEGUNDO TEMPO

O Santos teve novamente a primeira chance. Dessa vez, porém, Gabbarini foi bem finalização forte de Marinho de fora da área aos dois minutos. Na sequência, Alcívar bateu forte e John segurou mais uma.

E quando o Peixe parecia longe do gol, Marinho apareceu. O atacante bagunçou a defesa da LDU e sofreu (e converteu) o pênalti. 2 a 1 em Quito para os brasileiros aos 13 jogados.

O Alvinegro ajustou a defesa e pouco sofreu. Quando a LDU assustou, o goleiro John defendeu. A saída de Jean Mota para a entrada de Wagner Leonardo foi decisiva para o resultado. John, Pará, Marinho e Soteldo foram os destaques da equipe de Marcelo Fernandes. Vantagem para a decisão na Vila Belmiro.

Leia Também:  Flamengo arranca empate com Grêmio com gol de pênalti de Gabigol

FICHA TÉCNICA
LDU (EQU) 1 X 2 SANTOS

Data: 24 de novembro de 2020 (terça-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Casablanca, em Quito (EQU)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky e Julio Fernandez (ARG)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)
Cartões amarelos: LDU: Vega, Alcívar, Aguirre e Ordoñez. SANTOS: Luiz Felipe, Wagner Leonardo, Felipe Jonatan e Soteldo

GOLS:
LDU: Jhojan Julio, aos 46 minutos do 1T;
SANTOS: Soteldo, aos 6 minutos do 1T, e Marinho, aos 13 minutos do 2T.

LDU: Gabbarini; Perlaza (Zunino), Caicedo, Ordoñez e Cruz (Ayala); Villarruel, Alcivar, Vega (Caicedo), Quintero (Aguirre) e Billy Arce; Jhohan Julio e Martínez Borja
Técnico: Pablo Repetto

SANTOS: John, Pará, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Felipe Jonatan (Lucas Braga); Alison, Diego Pituca e Jean Mota (Wagner Leonardo); Marinho (Lucas Lourenço), Soteldo (Vinicius Balieiro) e Kaio Jorge
Técnico: Marcelo Fernandes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA