NOTÍCIAS DO BRASIL

Brasil recebe primeiro lote de vacinas contra covid-19 para crianças

Publicados

em

Chegaram ao Brasil, às 4h45 desta quinta-feira (13), as primeiras vacinas contra covid-19 destinadas a crianças de 5 a 11 anos. Remessa com 1,2 milhão de doses do imunizante da Pfizer foi descarregada no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (São Paulo).

O lote será distribuído a estados e municípios para iniciar a aplicação. A previsão é que o Brasil receba em janeiro um total de 4,3 milhões de doses da vacina. A remessa é a primeira de três que serão enviadas ao país.

Segundo o Ministério da Saúde, durante o primeiro trimestre devem chegar ao Brasil quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças. Em fevereiro, a previsão é que sejam entregues mais 7,2 milhões, e em março, 8,4 milhões.

Na semana passada, o ministério anunciou a inclusão dos imunizantes pediátricos no plano de operacionalização do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Segundo a pasta, a criança deve ir aos postos de vacinação acompanhada dos pais ou responsáveis ou levar uma autorização por escrito. O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações.

Leia Também:  Rodovias estaduais registram queda em mortes no feriado

A distribuição será feita na seguinte proporção (confira o percentual da população de 5 a 11 anos por estado):

Região Centro-Oeste (8,17%)

Distrito Federal – 1,30%

Goiás – 3,55%

Mato Grosso do Sul – 1,47%

Mato Grosso – 1,85%

Região Sudeste (39,18%)

Espírito Santo – 1,93%

Minas Gerais – 9,02%

Rio de Janeiro – 7,49%

São Paulo – 20,73%

Região Sul (13,17%)

Paraná – 5,25%

Rio Grande do Sul – 4,73%

Santa Catarina – 3,19%

Região Nordeste (28,43%)

Alagoas – 1,77%

Bahia – 7,07%

Ceará – 4,42%

Maranhão – 4,02%

Paraíba – 1,89%

Pernambuco – 4,80%

Piauí – 1,62%

Rio Grande do Norte – 1,67%

Sergipe – 1,17%

Região Norte (11,05%)

Acre – 0,57%

Amazonas – 2,77%

Amapá – 0,55%

Pará – 4,99%

Rondônia – 0,93%

Roraima – 0,38%

Tocantins – 0,86%

Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Edição: Graça Adjuto

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NOTÍCIAS DO BRASIL

Paraguai passa a exigir imunização e testes para entrar no país

Publicados

em

Por

Quem pretende ir ao Paraguai deve ficar atento quanto às regras sanitárias implantadas no País, a partir desta semana. O país vizinho, nesta quarta-feira (12), passou a exigir para todas as pessoas maiores de idade o comprovante de vacinação completa contra a Covid-19.
“Qualquer pessoa com mais de 18 anos, independentemente do local de origem, deve apresentar um certificado de vacinação atestando que recebeu pelo menos duas doses da vacina COVID-19″, comunicou o Ministério da Saúde do Paraguai.

Ainda conforme o governo paraguaio, só será concedida exceção a quem apresentar documento atestando condição médica que contraindique a imunização por questões de saúde.

No entanto, jovens a partir de 12 anos devem apresentar testes de PCR com resultados negativos, feitos em menos de 48 horas antes de entrar no país, ou com antígeno até 24 horas. Além disso, é preciso preencher um formulário de declaração de saúde até 24 horas antes. O formulário está disponível no site do Ministério da Saúde do Paraguai (mspbs.gov.py).

requisitos só não serão exigidos aos moradores que residem nas cidades de fronteira. “Todas as pessoas que entrarem com o regime de trânsito de bairro devem comprovar que residem na cidade fronteiriça. Não exigindo nenhum requisito de saúde para a admissão”, diz o comunicado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Quinta vermelha tem ofertas especiais em carnes no Supermercado Paschoal
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA