NOTÍCIAS DO PARANÁ

Concursos da Segurança Pública sofrem alterações

Publicados

em


.

Devido à pandemia do coronavírus (Covid-19) no Estado, os concursos e processos seletivos para contratação de servidores para as instituições que compõem a Secretaria de Estado da Segurança Pública sofreram ou podem sofrer alterações. Temporariamente, as provas para ingressar na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros foram adiadas.

Os processos seletivos do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) e da Polícia Científica continuam normalmente, seguindo as medidas de segurança. Já a definição sobre possível adiamento das provas para o concurso da Polícia Civil ocorrerá na próxima semana.

Para a Polícia Militar serão contratados 2,4 mil servidores, sendo duas mil vagas para policiais militares e 400 para bombeiros militares.

A decisão para adiamento das provas para soldado policial militar e bombeiro militar foram tomadas em conjunto com o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), tendo em vista que as provas são presenciais e causaria aglomeração de pessoas.

Em maio deste ano foram nomeados 36 servidores para a Polícia Científica, sendo 21 auxiliares de necropsia, oito peritos criminais e sete médicos-legistas, dos quais 30 já tomaram posse.

Leia Também:  Educação publica edital de seleção de professores temporários para 2021

O curso de formação dos servidores da Polícia Científica, que estava previsto para ser iniciado em Curitiba nesta semana, foi adiado devido à Bandeira Laranja da Covid-19 no município. No entanto, os profissionais empossados estão acompanhando as atividades de outros profissionais mais antigos.

Os servidores foram chamados a partir de autorização do Governo do Estado, e foram aprovados em concurso público de 2017, o qual ainda está vigente.

POSSÍVEL ADIAMENTO – A comissão do concurso da Polícia Civil deverá se reunir com o Núcleo de Concursos da UFPR no início da próxima semana para tratar sobre o adiamento ou não das provas, tendo em vista as orientações do Governo do Estado em relação à pandemia.

Este processo seletivo vai contratar 400 novos servidores, sendo 300 investigadores, 50 delegados e 50 papiloscopistas, para atuação em todo o Paraná.

DEPEN – O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) também está com processo seletivo em andamento para a contratação temporária de servidores. São 1.394 vagas para guardas prisionais, dentre homens e mulheres, que vão atuar em unidades prisionais de todo o Estado.

Leia Também:  Estado publica novos editais para fiscalizar contratos de pedágios

As inscrições já foram encerradas e, neste momento, o processo está em fase de Exame de Investigação de Conduta. Os documentos estão sendo recebidos por meio de sistema on-line (assim como ocorreu com a prova de títulos) até o dia 26/06, conforme edital.
Após a divulgação do resultado final do processo de seleção, os candidatos aprovados podem ser chamados para assinarem os contratos. Diferente do que previa o edital inicial, esta etapa será feita nas coordenações regionais do Depen, com data e horários pré-agendados para evitar aglomerações.

A seleção é válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período. O processo seletivo também é conduzido pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (NC/UFPR).

SERVIÇO – Para mais informações sobre os processos seletivos os candidatos devem acessar os canais oficiais de cada instituição e do Núcleo de Concursos da UFPR.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NOTÍCIAS DO PARANÁ

Paraná e Câmara de Comércio Árabe-Brasileira formalizam acordos para intensificar a parceria

Publicados

em

Por

O segundo dia do Paraná Business Experience em Dubai foi marcado pela assinatura de memorandos de entendimento entre a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB) e instituições paranaenses (governamentais e privadas). O evento acontece em paralelo à Expo Dubai e reúne empresários e representantes comerciais do Estado e do mundo árabe para estabelecer novas parcerias e formas de cooperação.

O memorando de entendimento é um acordo formal entre duas ou mais partes. Sinaliza a vontade das partes de avançar com um contrato. Os documentos foram costurados após um primeiro encontro entre as delegações, no sábado.

Dois memorandos estabeleceram um novo acordo entre a Câmara, a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e a Invest Paraná, agência do Estado de prospecção de investimentos. Assinaram os documentos o presidente da Câmara, Osmar Vladimir Chohfi, o presidente da Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, a gerente de Relações Governamentais da Fiep, Letícia Yumi de Rezende, e o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin.

Um terceiro, de caráter técnico, foi assinado pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira com a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (PTI). O objetivo deste acordo é desenvolver atividades e ações que promovam inovação, com integração de startups de diversas áreas, além de promover a geração de negócios dessas startups com investidores. As instituições se comprometeram a realizar rodadas de negócios temáticas nos próximos meses.

Leia Também:  Promotorias de Justiça em Goioerê promovem audiência pública on-line sobre atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência

Além de Chofhi, assinaram esse acordo o secretário-geral da Câmara de Comércio, Tamer Mansour, o diretor Administrativo Financeiro do PTI, Flaviano da Costa Masnik, e o chefe de Negócios em Inovação do PTI, Rodrigo Régis de Almeida Galvão.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou da cerimônia. Ele disse que os memorandos representam a vontade do Paraná de ampliar as parcerias com o mundo árabe. “O Paraná Business Experience foi criado justamente para que as ideias se transformem em negócios, empregos, tecnologia. Temos muito a oferecer, mas também muito a aprender. O evento dá sinais de que essa relação vai se aprofundar nos próximos anos”, ressaltou.

PARCERIA SÓLIDA – Segundo Osmar Chohfi, os documentos têm o objetivo de apoiar o Estado na sua projeção internacional e no mundo árabe. “Essa missão internacional é muito importante porque apresenta o Paraná a investidores e empresários do mundo árabe, um mercado muito promissor para o Brasil e especialmente para o Paraná”, explicou.

A Câmara completa 70 anos em 2022 e projeta crescimento na relação comercial entre os países do Golfo Pérsico e o Brasil. “O Paraná é um dos principais responsáveis pela segurança alimentar do mundo árabe. Só em 2020, foi o quarto estado brasileiro que mais exportou para este mercado, atingindo a marca de US$ 1,32 bilhão. De janeiro a setembro deste ano, este número já teve um aumento de 7%, mesmo com todos os problemas econômicos trazidos pela pandemia”, disse. “O que mostra que estamos caminhando para aumentar a parceria”.

Leia Também:  Universidades estaduais adiam vestibulares para o ano que vem

Ele completou que a missão da Câmara agora é trabalhar para incentivar a vinda de pequenas e médias empresas brasileiras para estes países. “O mundo árabe se moderniza com uma rapidez extraordinária. O nosso objetivo agora é aproveitar esse ambiente de oportunidades para promover um intercâmbio de startups e atrair ainda mais investimentos em tecnologia”, finalizou Chohfi.

Fundada em 1952 por empresários brasileiros de origem árabe, a CCAB é um instrumento de promoção do comércio exterior no mundo árabe. A entidade representa 22 países árabes. Atualmente, os três principais parceiros do País na região são Arábia Saudita, Egito e Emirados Árabes Unidos.

Confiança Store: Diversos modelos de óculos de sol performance esporte. Tel: (44) 9992-6521 e 3522-1096

ESCRITÓRIO – Também foi anunciada a abertura do escritório da Invest Paraná e da Fiep em Dubai. Ele ficará na sede da Rockland Group, empresa com atividades em mais de 15 países, nos segmentos de comércio, imóveis, petróleo/gás, energia renovável, telecomunicações/cibersegurança, entretenimento, entre outros. A ideia é que um representante do Estado trabalhe para dar apoio estratégico a empresas paranaenses que queiram fortalecer suas relações comerciais com a região.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA