ENTRETENIMENTO

Globo pede desculpas a Maju Coutinho por abrir espaço no Fantástico a Rodrigo Branco

Publicados

em

O Fantástico pediu desculpas à jornalista Maria Júlia Coutinho, 42, por ter dado espaço em uma reportagem apresentada no domingo (4) ao empresário Rodrigo Branco. Famoso guia de turismo de celebridades em Orlando, Branco provocou polêmica em março deste ano ao fazer comentários que ele mesmo mais tarde classificaria de racistas contra Maju.

Segundo a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a participação do empresário em uma reportagem sobre turismo durante a pandemia não pegou bem dentro da produção do programa e no jornalismo da Globo e gerou o pedido de desculpas.

“O Fantástico lamenta não ter se dado conta de que era a mesma pessoa. E já se desculpou com Maria Júlia Coutinho”, informou em nota a comunicação da Globo.

No programa, Branco foi apresentado como um brasileiro que mora há seis anos em Orlando e tem uma empresa especializada em receber celebridades na cidade. Foram exibidas fotos do guia ao lado de artistas como Xuxa e Ivete Sangalo. Ele também comentou que era triste ver a Disney com poucos visitantes.

Em março, durante uma live de Instagram com a influenciadora digital Ju de Paulla, Branco fez comentários sobre Maju e a médica Thelma, que viria a ser a campeã do Big Brother Brasil 20.

Leia Também:  Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado

Na ocasião, ele afirmou que a torcida por Thelma no reality existia apenas porque “ela é negra coitada”. “É a mesma coisa que falo da Maju Coutinho. Ela é péssima, é horrível. Eu assisti hoje e ela fala tudo errado. Ela só está lá por causa da cor”, disse. “Ela não tem uma carreira, ela nunca foi repórter de campo, ela fala tudo errado e eu como diretor de TV, vou te falar, ela lê o TP errado.”

A repercussão das falas foi negativa, e momentos depois, o empresário se desculpou. “Falei um monte de merda. [sic] Não falei nada como eu penso, queria explicar o que queria falar. Queria falar uma coisa e falei totalmente outra coisa, fui totalmente racista”, disse. “Recebi ligações de amigos meus, principalmente. Por isso é bom ter amigos. […] Eu sei escutar”.

A influenciadora Ju de Paula, por sua vez, publicou um texto em seu Instagram em que falou sobre o ocorrido. “O racismo se apresentou exatamente do jeito que ele faz, sem pedir licença. Eu fiquei sem acreditar no que eu estava ouvindo, eu até tentei explicar pro Rodrigo e para os seguidores o quão racista é aqueça fala dele, mas fui interrompida algumas vezes. Fiquei muito nervosa e confesso que fiquei sem saber como agir”, disse ela. “Obviamente não compactuo com nada do que foi dito sobre Thelma e Maju.”

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Maiara e Maraísa e Henrique e Juliano contratam parte da equipe de Marília Mendonça

Publicados

em

Por

A morte da cantora Marília Mendonça, ocorrida no último dia 5, chocou o Brasil. A tragédia repercutiu em todo país e os amigos próximos, como os sertanejos Maiara e Maraísa e Henrique e Juliano prestaram diversas homenagens para a Rainha da Sofrência.

Marília tinha um staff que a acompanhava nos shows, e além de perderam a colega, muitos também se viram sem emprego com o falecimento precoce da artista. Quando morreu o cantor Cristiano Araújo, em junho de 2015, Marília ainda não tinha tanto sucesso, mas ainda assim contratou parte da banda do cantor para que os funcionários não ficassem desempregados.

Agora, os amigos Maria e Maraísa e Henrique e Juliano estão fazendo o mesmo. Além deles, a dupla do irmão de Marília, Gustavo, da dupla com Dom Vittor, também estão incorporando a equipe da cantora.

A dupla, aliás, deve lançar no próximo dia 3 de dezembro a música “Calculista”, gravada em parceira com Marília Mendonça.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Anitta lança 'Me Gusta', música em parceria com Cardi B e rapper Myke Towers
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA