ESPORTES

Paraná Clube perde do São José em ‘final’ da Série C e se aproxima do rebaixamento

Publicados

em

Paraná Clube foi derrotado por 1 a 0 para o São José-RS neste domingo (29) e está mais perto do que nunca do rebaixamento para a Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo, realizado no Estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre, foi definido com gol do atacante Maradona aos seis minutos do primeiro tempo.

O duelo eletrizante terminou com confusão generalizada. O atacante Gustavinho foi expulso por exagerar na reclamação com a arbitragem aos 49 da etapa final. Dois minutos depois, uma briga entre atletas e comissões resultou em mais duas expulsões – o volante Kriger, do Paraná, e Gabriel Castro, reserva do time da casa.

Ainda há chances, ainda que pequenas, do Tricolor evitar o descenso. O time paranista precisa reagir e tirar os seis pontos de diferença para o próprio São José. O problema é que faltam 12 pontos em disputa – o Paraná Clube encara Criciúma (casa), Mirassol (casa), Novorizontino (fora) e Oeste (casa). O próximo compromisso está marcado para o próximo sábado (4), às 19h, na Vila Capanema, em Curitiba.

Neste momento o, o Paraná é o vice-lanterna (primeiro time na zona de rebaixamento) com 10 pontos. O São José chegou aos 16, mesma pontuação do Mirassol.

Diante desse cenário, o Tricolor ainda convive com o momento caótico nos bastidores: a parceria com a FDA Sports, que era uma garantia para aguentar a temporada no âmbito financeiro, foi encerrada e deve gerar uma nova briga na Justiça. De quebra, a torcida pede a saída do presidente.

Leia Também:  Hamilton leva susto, mas vence GP da Grã-Bretanha com pneu estourado

O JOGO

O Paraná Clube foi completamente dominado no primeiro tempo e levou sorte em não sofrer mais gols. O gol saiu aos seis minutos: Everton Bala bateu mascado e Mazola cabeceou para a defesa de Bruno Grossi, mas Maradona chegou bem no rebote e mandou para as redes.

O São José-RS seguiu em cima e quase ampliou em vacilo de Jonathan Costa. O zagueiro trombou com o goleiro e deixou a bola para Mazola, que bateu por cima.

Os gaúchos ainda mandaram uma bola na trave: Maradona saiu na cara do gol e bateu cruzado para carimbar o poste.

O Tricolor melhorou no fim e só assustou uma vez, aos 44. Sillas cruzou da direita e Reis completou para a defesa do goleiro Fábio. No fim, os donos da casa quase marcaram em cabeçada de Jadson para fora.

O Paraná melhorou na etapa final e foi mais competitivo, apesar de não chegar ao empate. Reis, Sillas e Alex Murici mandaram pela linha de fundo. O São José quase ampliou de cabeça. Leílson cobrou falta e Luiz Eduardo testou firme, mas a bola saiu.

Leia Também:  DIVULGAÇÃO DE LISTA DE ESPERA DO SUS NO PARANÁ É APROVADA NA ASSEMBLEIA

No fim, os visitantes pressionaram: Gustavinho isolou por cima e foi travado. Após as jogadas, ele se irritou e cometeu falta, recebendo o amarelo.

SÃO JOSÉ-RS 1 x 0 PARANÁ CLUBE

14ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro

Data, hora e local: domingo (29/08), às 18h, no Estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre.

Gol: Maradona.

Cartões amarelos: Moisés Gaúcho, Guarapuava (PRC).

Cartão vermelho: Gustavinho e Kriger (PRC).

São José-RS: Fábio Rampi; Daniel, Bruno Jesus, Jadson e Marcelo; Lissando, Everton Bala, Crystopher e Gabriel Lima (Fabiano); Mazola (Leílson) e Maradona (Luiz Eduardo). Técnico: Pingo.

Paraná Clube: Bruno Grassi; Alex Murici, Vinicius Guarapuava, Jonathan Costa e Danilo (Bryan); Moisés Gaúcho (Kriguer), Janderson, Adriano Júnior (Gustavo França) e Sillas (Vinícius Moura); Eberê e Reis (Gustavinho). Técnico: Sílvio Criciúma.

Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Athletico emenda duas vitórias e ganha confiança para a Sul-Americana

Publicados

em

Por

Athletico conquistou a segunda vitória consecutiva na semana ao derrotar o Juventude por 2 a 1, pelo Brasileirão. O Rubro-Negro já havia vencido o Santos, na última terça-feira (14), pelas quartas de final da Copa do Brasil.

A última vez que o Athletico ganhou dois jogos seguidos foi no final de julho, quando ganhou do Internacional, no Brasileirão, e Atlético-GO, na Copa do Brasil.

Porém, a maré do Athletico virou com a classificação à semifinal da Copa do Brasil contra o Santos e a vitória sobre o Juventude. E a sequência positiva aconteceu dias antes da semifinal da Sul-Americana contra o Peñarol, do Uruguai.

Para o auxiliar Bruno Lazaroni, as duas vitórias aumentam novamente a confiança do Furacão. “A semana foi muito proveitosa e muito feliz. Conseguimos a classificação para uma semifinal importante e hoje conseguimos um resultado positivo após um grande período. Valoriza todo o grupo de trabalho e nos dá ainda mais força para encarar mais uma decisão”, comentou.

“É natural da nossa parte pela sequência negativa principalmente no Campeonato Brasileiro ter uma perda de confiança. As vitórias no meio de semana e hoje melhoraram nessa parte para a decisão que vamos ter pela frente. Temos que gerir o elenco e os jogadores mais desgastados para ter todos os jogadores 100% em todas as partidas e ter uma intensidade forte e suportar a maratona”, acrescentou o assistente do Athletico.

O Rubro-Negro volta a campo na próxima quinta-feira (23), às 21h30, para enfrentar o Peñarol, no jogo de ida da semifinal da Sul-Americana.

Leia Também:  Paraná confirma 18 mortes e 1.349 casos novos de Covid-19, aponta boletim

AGENDA DO ATHLETICO

  • Peñarol: 23/09 (quinta-feira), às 19h15, no estádio Campeón del Siglo
  • Grêmio: 26/09 (domingo), às 18h15, na Arena da Baixada
  • Peñarol: 30/09 (quinta-feira), às 21h30, na Arena da Baixada
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA