ESPORTES

Santos busca empate com São Paulo com gol de falta de Marinho

Publicados

em

O Santos buscou o empate em 1 a 1 com o São Paulo na noite deste sábado (12) em duelo movimentado em campo e que teve até queda de energia, ficando paralisado por 17 minutos.

Gabriel Sara marcou os dois gols do São Paulo, enquanto Madson e Marinho empataram para o Santos.

O duelo foi realizado na Vila Belmiro, em Santos, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O empate deixa o São Paulo provisoriamente na liderança com 18 pontos e o Santos na sexta posição com 15 pontos.

As duas equipes entram em campo neste meio de semana pela terceira rodada da Copa Libertadores da América.

Nesta terça-feira (15), o Santos recebe o Olímpia na Vila Belmiro, às 21h30, enquanto nesta quinta-feira (17), o São Paulo encara o River Plate no Morumbi, às 19h.

SÃO PAULO CRIA MAIS E MARINHO SALVA O SANTOS

O São Paulo iniciou melhor a partida e criou boa chance logo aos dois minutos. Vitor Bueno avançou pela esquerda e buscou o chute cruzado, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Leia Também:  Flamengo goleia o Santos e encosta no Atlético-MG;

Carlos Sánchez quase marcou sem querer aos cinco minutos. O uruguaio cruzou fechado e Tiago Volpi foi ágil para afastar de soco o perigo.

Reinaldo respondeu no minuto seguinte. Tiago Volpi bateu tiro de meta direto para lateral, que invadiu a área, mas chutou em cima de João Paulo.

Só que na sequência do lance, Luan Peres foi desarmado por Gabriel Sara, que invadiu a área finalizou rasteiro na saída de João Paulo.

Nova chance do São Paulo aos dez minutos. Tchê Tchê lançou Igor Vinícius na área e o lateral bateu cruzado perto do poste esquerdo.

O Santos conseguiu empatar o jogo aos 29 minutos. Carlos Sánchez bateu escanteio da direita e Madson ganhou pelo alto na pequena área, cabeceando firme no canto esquerdo.

Tiago Volpi salvou a virada do São Paulo aos 32 minutos. Carlos Sánchez cruzou da esquerda, Luciano tentou cortar e a bola foi na direção do gol, sendo defendida por Volpi no ângulo esquerdo.

Soteldo teve a chance da virada aos 34 minutos. O venezuelano puxou contra-ataque, fintou a marcação e tentou o chute rasteiro contra Volpi, mas o goleiro fez a defesa em dois tempos.

Leia Também:  Santos vence Atlético Mineiro com mais um show de Marinho

Só que foi o São Paulo quem fez o segundo gol na Vila Belmiro. Aos 37 minutos, Igor Vinícius foi lançado por Gabriel Sara na direita e cruzou rasteiro para Sara bater firme no canto direito.

Logo no primeiro lance do segundo tempo o Santos quase empatou. Soteldo puxou pela esquerda e cruzou na medida para Carlos Sánchez, mas o uruguaio cabeceou à direita da meta.

Mais uma chance do Santos aos 20 minutos. Lucas Lourenço tabela com Pituca e finaliza firme, raspando o poste esquerdo de Tiago Volpi.

O duelo ficou parado por 17 minutos no segundo tempo devido a uma queda de energia em Santos e quando voltou a equipe da casa conseguiu buscar o empate.

Aos 45 minutos, Marinho bateu falta da intermediária, Tiago Volpi montou mal a barreira, a bola veio quente e ele não conseguiu fazer a defesa.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro

Publicados

em

Por

O Flamengo venceu o Internacional de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo (21) no Maracanã em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time do técnico Rogério Ceni assume a ponta da tabela de classificação pela primeira vez nessa edição do torneio, com 71 pontos. O Inter caiu para vice-líder com 69.

O Colorado, que entrou em campo precisando de uma vitória para conquistar o tetracampeonato brasileiro, pulou na frente do placar aos 11 minutos com uma cobrança perfeita de pênalti de Edenílson. A infração foi marcada pelo árbitro Raphael Klaus depois que o zagueiro Gustavo Henrique puxou Yuri Alberto em cruzamento na área rubro-negra.

Com a vantagem no placar, os gaúchos até que tentaram se manter no campo de ataque. Mas, o Flamengo foi aumentando o ritmo e começou a pressionar cada vez mais. Até que, aos 28, Filipe Luís aproveitou uma bola na frente da área e abriu de primeira para Bruno Henrique. Depois da disputa com Rodinei, o atacante carioca foi no fundo e deixou o meia Arrascaeta de frente para o gol. O uruguaio só rolou. A bola ainda bateu na trave e entrou para empatar a partida. Aos 42, teve outra chegada forte do Inter. Depois de boa jogada de Caio Vidal pelo lado direito, Rodinei pegou a sobra e mandou uma bomba na trave.

Leia Também:  Santos vence Atlético Mineiro com mais um show de Marinho

Na volta do intervalo, ocorreu o lance capital do jogo. Aos três minutos. Rodinei dominou mal uma bola e ao tentar se recuperar entrou duro no lateral-esquerdo Filipe Luís. O árbitro Raphael Klaus, com o auxílio do VAR, expulsou o jogador do Inter. Depois disso, só deu Flamengo. Aos nove, Pedro perdeu boa chance. Aos 17, em brilhante jogada de Arrascaeta, Gabriel Barbosa só deslocou o goleiro Marcelo Lomba e virou a partida. Aos 34, Pedro marcou o terceiro, mas o lance foi invalidado por impedimento. Aos 46, outra vez o centroavante Pedro balançou as redes coloradas, mas com o auxílio do VAR, Raphael Klaus invalidou dando falta no início da jogada em cima de Lucas Ribeiro. Aos 49, Bruno Henrique ainda desperdiçou outra excelente chance. E o placar ficou mesmo no 2 a 1 para os cariocas.

Agora, na última rodada, quinta-feira (25), o Rubro-Negro depende apenas de uma vitória sobre o São Paulo no Morumbi para ser octacampeão nacional. Dois pontos atrás do Flamengo, o Inter precisa vencer o Corinthians, em Porto Alegre, na quinta-feira e torcer para que os cariocas apenas empatem o jogo na capital paulista.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA