NOTÍCIAS DO PARANÁ

Casal morre ao mesmo tempo em locais diferentes no Paraná

Publicados

em

Uma história de amor e muita cumplicidade havia entre o casal Ildemar Schirmann e Mirtes Thoele Brum, cujo epílogo se deu como num filme trágico/romântico, praticamente no mesmo horário.

Era por volta de 20h desta quinta-feira (23) quando Mirtes, de sua residência na linha São João, interior de Missal (oeste do Paraná), chamou Ildemar através de mensagens de voz pelo Whats-App, dizendo que não estava se sentindo bem. A mensagem foi repetida pelo menos mais duas vezes.

Ildemar estava em outra propriedade do casal e acabou se deslocando rapidamente de motocicleta, mas, no meio do caminho acabou sofrendo um acidente, foi encaminhado a um hospital, depois de socorrido pelo Samu, com vida, mas acabou falecendo por volta de 23h, vítima de traumatismo craniano.

As atenções estavam voltadas para o acidente, mas um dos filhos de Mirtes acabou se deslocando, também por volta de 23h, até a residência da mãe e encontrou tudo fechado.

Quando o Samu chegou, adentrou à propriedade e encontrou a mulher desfalecida. Mirtes ainda foi conduzida a um hospital, onde foi tentado reanimá-la, mas não foi mais possível.

Leia Também:  Governo libera R$ 450 milhões a 284 municípios

De acordo com informações da Funerária São José, os corpos foram encaminhados para o IML de Foz do Iguaçu. O corpo de Ildemar foi liberado, enquanto que o de Mirtes continua no Instituto Médico Legal para maiores averiguações.

Ildemar e Mirtes eram viúvos e viviam juntos havia seis anos. Ele foi sepultado em Itaipulândia e ela em São José do Itavó. (Correio do Lago).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NOTÍCIAS DO PARANÁ

Paraná confirma mais 16 casos da varíola dos macacos

Publicados

em

Por

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) confirmou mais 16 casos da varíola dos macacos no Paraná nesta quarta-feira (10).

Até a semana passada, eram 36 casos – 35 em Curitiba e outro em Maringá. Ou seja, Araucária e Cascavel registraram o primeiro caso de varíola dos macacos enquanto Curitiba somou mais 14 casos.

Segundo a Sesa, a monkeypox – ou “varíola dos macacos” como é popularmente conhecida – é uma doença viral. A transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas ou objetos recentemente contaminados.

A infecção causa erupções que geralmente se desenvolvem pelo rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. Os principais sintomas envolvem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfadenopatia, calafrios e fadiga.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Casal é perseguido e executado em Campo Mourão
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA