REGIONAIS

Publicados

em

Um morador de Goioerê perdeu R$ 9.000 no Golpe da Donzela esta semana. Ele realizou seis depósitos de R$ 1.500 para uma pessoa, depois que passou a ser chantageado, por ter enviado nudes para uma moça, supostamente menor de idade.

O homem, que é casado, não registrou boletim de ocorrência, mas aceitou contar a história para o Goionews, sob anonimato, para orientar outras pessoas a não caírem no golpe.

Segundo ele, uma garota identificada no perfil como moradora de uma cidade no Rio Grande do Sul, o adicionou no Facebook e puxou conversa com ele. Após alguma conversa, eles trocaram número de telefone e passaram a conversar pelo Whatsapp (isso já no dia seguinte).

Depois disso a conversa evoluiu para a troca de nudes, sendo que ele chegou a enviar fotos íntimas dele para a suposta moça.

Um dia após o envio das fotos, outra pessoa entrou em contato com ele, se dizendo tio da garota, falando que ela é menor de idade, e que iria denunciá-lo para a justiça. No entanto, essa terceira pessoa falou que poderia não denunciar caso a vítima depositasse uma quantia em dinheiro.

Leia Também:  Adolescente é apreendido com quase 4 kg de haxixe

A pedida inicial foi de R$ 15 mil. O morador de Goioerê disse que não tinha esse dinheiro, e após algumas conversas fechou acordo em R$ 9 mil, valor que foi pago em seis depósitos de R$ 1.500. Depois disso o golpista chegou a pedir mais dinheiro, mas o goioerense não depositou mais e bloqueou o contato.

Esta semana uma pessoa que também foi chantageada procurou a Delegacia de Polícia de Goioerê, mas ele garantiu que não realizou nenhum depósito e recebeu orientações sobre como proceder.

NÃO DEPOSITAR

A orientação no caso é para que as pessoas não troquem nudes, nem mesmo com conhecidos. Depois, se for vítima de extorsão, para não realizar nenhum tipo de pagamento e procurar a polícia. Na maioria das vezes a menor nem existe (é um homem manipulando um perfil falso).

Do Goionews

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

REGIONAIS

Em eleição transparente, a professora Aline Suellen Batista foi eleita com 97 votos, do total de 181 votos.

Publicados

em

Por

Em eleição transparente, a professora Aline Suellen Batista foi eleita com 97 votos, do total de 181 votos.

Betinho Lima que esta em isolamento por conta do Covid-19  acompanhou via celular e já publicou em suas redes sociais:

Conforme prometido em campanha, que a escolha do Secretário (a) da educação para gestão 2021/2024 seria pelo voto dos professores, assim foi feito.

Em eleição transparente, a professora Aline Suellen Batisyta foi eleita com 97 votos, do total de 181 votos.
Assim que encerrou a contagem, o prefeito eleito Bertinho Lima foi comunicado e parabenizou pela forma com que foi conduzido e destacou que Aline será é bem vinda à equipe. “Assim que puder, quero pessoalmente oficializar o convite a professora Aline, que com certeza vem para somar no projeto de uma Goioerê melhor.

O futuro Secretário de Administração, Gerson de Brito fez questão de destacar o compromisso que Betinho Lima cumpria com os professores e anunciou que o prefeito já determinou que ao assumir em 1º de janeiro quer que seja criada uma comissão para iniciar as discussões para rever o Plano de Cargo e Carreira dos Professores.

Leia Também:  ALTO PIQUIRI - Homem é encontrado morto no sofá de casa, com sinais de violência

 

rede vitrine

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA