ESPORTES

Palmeiras bate Ceará em jogo atrasado do Brasileirão

Publicados

em

O Palmeiras teve dificuldades, mas venceu o Ceará por 2 a 1 na noite de quarta-feira (20), no estádio Castelão, em Fortaleza, em partida atrasada válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esta foi a primeira vitória como visitante da equipe alviverde sobre a alvinegra desde 1997.

Há 24 anos, o time paulista se impôs e construiu uma goleada, 5 a 2, com quatro gols de Viola. Desta vez, precisou contar com ótimas defesas de Weverton para conter os donos da casa. Depois, Zé Rafael, de falta, e Deyverson, em jogada rápida, foram à rede. Cléber descontou no finalzinho.

Entre um triunfo e outro, o Palmeiras visitou o Ceará nove vezes, com três empates e seis derrotas. E o que se viu inicialmente no Castelão passava a impressão de que a sequência seria ampliada, com boa produção ofensiva dos anfitriões.Os visitantes se seguraram, porém, e levaram a melhor no confronto.

Os comandados de Abel Ferreira chegaram assim aos 46 pontos, na terceira posição.

A pontuação é a mesma do Flamengo, segundo colocado, mas a formação carioca tem três partidas a menos. Já o líder Alético-MG está com 56 pontos e dois jogos a menos. Derrotado, o Ceará ocupa o 14º lugar, com 31 pontos, apenas três acima da zona de rebaixamento.

Leia Também:  Flamengo empata em 1 a 1 com o Ceará e dorme no G-4 do Brasileiro

Poderia ser diferente se as oportunidades criadas no primeiro tempo fossem aproveitadas. Sobral, logo de cara, finalizou mal, na frente de Weverton. Já Erick e Vina bateram bem na bola e viram o goleiro da seleção brasileira exibir sua agilidade.

O Palmeiras, que já estava aliviado por não ir ao vestiário em desvantagem, começou a construir sua vitória no fim do primeiro tempo, em jogada bem tramada pelo meio e parada com falta na meia-lua. Zé Rafael cobrou com precisão, aos 49 minutos.

O Ceará continuou buscando o ataque na etapa final, porém já sem a mesma força. Do outro lado, por questões físicas, Abel começou a fazer alterações e foi feliz. Aos 27, Gustavo Scarpa, que havia acabado de entrar, foi lançado na esquerda e cruzou rasteiro para Deyverson, outro que fora acionado minutos antes, marcar de pé esquerdo.

Weverton foi finalmente vencido aos 44, quando Cléber girou sobre Piquerez na área e bateu por baixo de goleiro. Já não havia mais muito tempo para a reação, no entanto, e o Palmeiras conseguiu proteger sua vantagem.

Leia Também:  Palmeiras vence Grêmio em Porto Alegre e abre vantagem na final da Copa do Brasil

CEARÁ
Richard; Igor, Luiz Otávio, Lacerda e Kelvyn; Marlon (Cléber) e Fernando Sobral (Fabinho); Erick, Vina e Lima; Gabriel Santos (Jael). T.: Tiago Nunes

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael (Danilo Barbosa), Raphael Veiga (Scarpa); Dudu (Veron), Rony (Breno Lopes) e Luiz Adriano (Deyverson). T.: Abel Ferreira

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Cristhian Sorence (GO) e Hugo Correa (GO)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelo: Igor, Luiz Otávio, Vina e Erick (CEA); Zé Rafael e Weverton (PAL)
Gols: Zé Rafael (PAL), aos 49’/1ºT; Deyverson (PAL), aos 27′, e Cléber (CEA), aos 44’/2ºT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Athletico: veja a matemática para avançar em primeiro na Libertadores

Publicados

em

Por

A vitória por 2 a 0 sobre o Libertad deixou o Athletico próximo da vaga nas oitavas de final da Libertadores. Com sete pontos, o Rubro-Negro saiu da lanterna para a vice-liderança do Grupo B e depende apenas do próprio resultado na última rodada contra o Caracas para garantir pelo menos a segunda vaga da chave.

Em caso de vitória, o Rubro-Negro pode terminar na liderança e ter vantagem no mata-mata. A primeira possibilidade é ganhar do Caracas e torcer por um tropeço do Libertad contra o The Strongest, em jogo que acontece no Paraguai. E outra é tirar a desvantagem no saldo de gols, em caso de vitória dos paraguaios. O time athleticano está com saldo de -3 contra -1 do atual líder da chave.

“Todos os grupos são difíceis. Pegamos um grupo onde tivemos viagens longas, altitude, rivais difíceis. Mas agora temos a oportunidade de jogar em casa e buscar a classificação, que é o principal objetivo do clube”, afirmou o atacante Tomás Cuello, autor do primeiro gol da vitória sobre o Libertad, em entrevista coletiva.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Flamengo vence Chapecoense no primeiro jogo após ‘Era Ceni’
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA