NOTÍCIAS DO PARANÁ

Governador Ratinho Junior entrega mais de 208 caminhões para Prefeituras do Paraná

Publicados

em

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta quarta-feira (29) mais 208 veículos para a Patrulha Ambiental em 150 municípios do Paraná. O investimento é de R$ 60 milhões, oriundo dos recursos depositados pela Petrobras no Fundo Estadual do Meio Ambiente (FEMA), devido a uma indenização por um acidente ambiental há mais de 20 anos no Rio Iguaçu. Foram entregues 37 caminhões baú; 29 compactadores; 28 limpa-fossa; 82 caminhões pipa; e 32 caminhões poliguindastes.

 

“Durante a estiagem, foram esses caminhões que ajudaram a combater incêndios e abastecer populações isoladas e também foram eles que ajudaram a conter o fogo no Pantanal há dois anos. Hoje, a Patrulha Ambiental também ajuda na parte de limpeza de fossa, coleta seletiva de resíduos sólidos, recolhimento de entulhos de material de construção – que muitas vezes é jogado em terreno baldio –, então é toda uma preparação para colaborar com o meio ambiente, já que o Paraná é considerado do Estado mais sustentável do Brasil”, disse o governador.

O Paraná contabiliza a entrega de 568 veículos desde 2019, com investimento total de R$ 157,6 milhões. A Patrulha Ambiental é uma iniciativa da Sedest, executada através do Instituto Água e Terra (IAT).

“Ela foi concebida para atender as demandas dos municípios. Quando analisamos quais municípios já receberam algum veículo vemos um Paraná contemplado, priorizando municípios com IDH mais baixo”, destacou o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Everton Souza.

Os caminhões pipa serão utilizados para higienização, irrigação, combate a incêndios florestais e abastecimento de água, em especial para propriedades rurais que sofrem com a seca prolongada. Os compactadores de lixo são responsáveis por reduzir o volume dos resíduos que são coletados pela equipe de colaboradores da prefeitura ou das empresas terceirizadas que fazem o trabalho. Os de coleta seletiva auxiliam o município na coleta domiciliar de materiais recicláveis para posterior separação e destinação correta.

Os caminhões caçamba + poliguindastes auxiliam os municípios em serviços adequados de coleta e destinação final dos resíduos de construção civil e outros pequenos geradores. E o caminhão limpa-fossa auxilia na limpeza no esgotamento sanitário de comunidades rurais, desobstrução do esgoto nas vias e na drenagem pluvial e encaminhamento destes efluentes a locais de tratamento e destinação ambientalmente correta.

Foto: Ari Dias/AEN.

Segundo o diretor-presidente do IAT, José Volnei Bisognin, a gestão de resíduos sólidos precisa ser trabalhada a partir dos municípios, para então garantir um meio ambiente habitável. “O lixo é um dos maiores problemas ambientais do planeta e o Paraná, e através da Patrulha Ambiental os ajudamos a amenizar esses problemas”, disse.

Leia Também:  LONDRINA - Homem tem surto psicótico e é espancado até a morte no Paraná

O prefeito de Boa Esperança, Joel Buscariol, levou para a cidade um caminhão baú, que vai agregar renda a oito famílias que trabalham com a atividade de reciclagem. De acordo com ele, isso é fundamental para a destinação adequada de resíduos. “Esse caminhão vai servir para termos uma reciclagem de melhor qualidade. Precisamos de uma matéria-prima mais limpa para que esses trabalhadores possam lucrar com a atividade”, disse.

Leonardo Romero, prefeito Quinta do Sol, recebeu três caminhões: baú, compactador e caçamba + poliguindaste, um investimento de R$ 915,5 mil. “Muito importante esse maquinário, que vai ajudar muito nossa população”, destacou.

O prefeito de Barbosa Ferraz, Edenilson Miliossi, agradeceu ao Governo do Estado pela destinação de caminhões baú, caçamba + poliguindaste e limpa-fossa, um total de R$ 879,4 mil. “Com esses caminhões, nós vamos fazer um trabalho de recuperação na cidade, inclusive em áreas que precisam da retirada de lixo”, afirmou.

PRESENÇAS  Participaram da solenidade o vice-governador Darci Piana; o secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Hudson Leôncio Teixeira; o comandante do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas, tenente-coronel Julio Cesar Pucci; o diretor de Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos do IAT, José Luiz Scroccaro; o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o deputado estadual Francisco Buhrer; e diversos prefeitos.

Confira os municípios contemplados:

Caminhão-pipa:
Agudos do Sul, Alto Paraíso, Alvorada do Sul, Amaporã, Antonina, Arapoti, Balsa Nova, Boa Esperança do Iguaçu, Boa Ventura de São Roque, Boa Vista da Aparecida, Bocaiúva do Sul, Bom Jesus do Sul, Bom Sucesso do Sul, Borrazópolis, Braganey, Campina do Simão, Candói, Catanduvas, Centenário do Sul, Coronel Domingos Soares, Coronel Vivida, Cruzeiro do Iguaçu, Fênix, Fernandes Pinheiro, Floresta, Iguatu, Imbituva, Irati, Itaperuçu, Jardim Alegre, Jardim Olinda, Jataizinho, Jundiaí do Sul, Kaloré, Laranjal, Laranjeiras do Sul, Lindoeste, Lunardelli, Marechal Cândido Rondon, Marialva, Marilena, Nova Aurora, Nova Santa Rosa, Ortigueira, Palmeira, Peabiru, Pérola do Oeste, Pinhão, Piraquara, Planaltina do Paraná, Porto Amazonas, Porto Rico, Porto Vitória, Pranchita, Quedas do Iguaçu, Realeza, Ribeirão Pinhal, Rio Bonito do Iguaçu, Rio Branco do Ivaí, Rio Branco do Sul, Salto do Itararé, Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Lúcia, Santa Mônica, Santa Tereza do Oeste, Santana do Itararé, Santo Antônio do Caiuá, São José da Boa Vista, São Miguel do Iguaçu, São Pedro do Paraná, Sertaneja, Sertanópolis, Siqueira Campos, Sulina, Tamarana, Teixeira Soares, Tijucas do Sul, Tomazina, Tunas do Paraná, Uraí, Vera Cruz do Oeste e Vitorino.

Leia Também:  Valdir Rossoni, réu na Operação Quadro Nego, deve assumir vaga de Schiavinato na Câmara

Caminhão poliguindaste:
Abatiá, Alto Paraná, Alto Piquiri, Alvorada do Sul, Amaporã, Barbosa Ferraz, Bituruna, Bocaiúva do Sul, Brasilândia do Sul, Florestópolis, Grandes Rios, Guairaçá, Itambaracá, Janiópolis, Leópolis, Marilena, Nova Fátima, Nova Tebas, Palmital, Pitangueiras, Planaltina do Paraná, Prado Ferreira, Quarto Centenário, Querência do Norte, Quinta do Sol, Ramilândia, Santa Mônica, São Carlos do Ivaí, São Pedro do Paraná, Siqueira Campos, Terra Rica e Tunas do Paraná.

Caminhão limpa-fossa:
Alto Paraná, Barbosa Ferraz, Bocaiúva do Sul, Cruzeiro do Oeste, Esperança Nova, Figueira, Guaporema, Indianápolis, Ipiranga, Itaperuçu, Luiziana, Lupionópolis, Manoel Ribas, Ortigueira, Pitangueiras, Planaltina do Paraná, Quatro Barras, Santa Isabel do Ivaí, Santa Mariana, Santa Mônica, Santo Inácio, São Jorge do Patrocínio, Sapopema, Tapira, Teixeira Soares, Umuarama, Uraí e Xambrê.

Caminhão compactador:
Amaporã, Antonina, Bocaiúva do Sul, Bom Sucesso, Candói, Cantagalo, Cidade Gaúcha, Contenda, Corumbataí do Sul, Diamante do Oeste, Guairaçá, Itaperuçu, Itaúna do Sul, Janiópolis, Japira, Jardim Olinda, Joaquim Távora, Mirador, Nova Laranjeiras, Querência do Norte, Quinta do Sol, Santa Isabel do Ivaí, Santo Antônio do Sudoeste, São Carlos do Ivaí, São Jerônimo da Serra, São Jorge do Patrocínio, Terra Rica, Tuneiras do Oeste e Turvo.

Caminhão baú:
Alto Piquiri, Alvorada do Sul, Amaporã, Barbosa Ferraz, Boa Esperança, Bocaiúva do Sul, Braganey, Campo Bonito, Cruzeiro do Sul, Diamante do Oeste, Douradina, Florestópolis, Goioxim, Guaporema, Itaperuçu, Janiópolis, Jataizinho, Lindoeste, Luiziana, Mirador, Morretes, Nova Olímpia, Palmital, Pato Branco, Pitangueiras, Planaltina do Paraná, Presidente Castelo Branco, Quinta do Sol, Rancho Alegre D’Oeste, Reserva, Rio Branco do Ivaí, Salto do Itararé, Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Mônica, Santo Antônio do Sudoeste, São Carlos do Ivaí e São Jerônimo da Serra.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NOTÍCIAS DO PARANÁ

Paraná confirma mais 16 casos da varíola dos macacos

Publicados

em

Por

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) confirmou mais 16 casos da varíola dos macacos no Paraná nesta quarta-feira (10).

Até a semana passada, eram 36 casos – 35 em Curitiba e outro em Maringá. Ou seja, Araucária e Cascavel registraram o primeiro caso de varíola dos macacos enquanto Curitiba somou mais 14 casos.

Segundo a Sesa, a monkeypox – ou “varíola dos macacos” como é popularmente conhecida – é uma doença viral. A transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas ou objetos recentemente contaminados.

A infecção causa erupções que geralmente se desenvolvem pelo rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. Os principais sintomas envolvem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfadenopatia, calafrios e fadiga.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ELEIÇÕES 2020: 117 cidades têm candidaturas únicas para prefeito, revela estudo da CNM
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA