REGIONAIS

REGIÃO DE C.MOURÃO – Grave acidente entre carreta e caminhonete deixa três feridos

Publicados

em

Três pessoas ficaram feridas em um grave acidente ocorrido no final da tarde dessa quinta-feira, na rodovia PR 158, entre Campo Mourão e Peabiru. A colisão envolveu uma carreta, com placas do Rio Grande do Sul e uma caminhonete Chevrolet S10, placas de Maringá.

Segundo as informações, o motorista da caminhoneta, de 71 anos, trafegava sentido Campo Mourão e Peabiru e, no final da terceira faixa, ao tentar retornar para a pista principal, acabou entrando na frente da carreta.

O motorista da carreta, de 54 anos, ainda tentou desviar, mas ainda assim acabou atingindo a carroceria da S10. Com o impacto, as três pessoas que estavam na caminhoneta ficaram feridas. Além do motorista, viajavam no veículo uma mulher de 69 anos e um adolescente de 13.

Equipes do Siate, Samu e Aeromédico de Maringá prestaram atendimento às vítimas. Todos foram encaminhados ao hospital com ferimentos generalizados. A carroceria da caminhonete ficou destruída. O motorista da carreta disse que saiu de Soledade (RS) para carregar no distrito de Piquirivaí.

Leia Também:  MARINGÁ - Trio invade residência e mata rapaz de 23 anos com mais de doze tiros

 

 

(Ta Sabendo)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

REGIONAIS

Cães de caça invadem pasto e causam prejuízo de R$ 50 mil na região de CM

Publicados

em

Por

Um criador de gado de corte do município de Fênix, na região de Campo Mourão, teve prejuízo estimado em cerca de R$ 50 mil, causados por cães de caça, supostamente de uma propriedade vizinha, que passaram a atacar seus animais, principalmente bezerros recém-nascidos.

O caso foi parar na delegacia de Polícia Civil de Engenheiro Beltrão, onde vários registros sobre desaparecimento dos animais foram registrados pelo proprietário. Durante as investigações, a Polícia Civil esclareceu o mistério, com a descoberta de que os animais eram atacados por cães de caça de uma propriedade vizinha.

Além dos bezerros, alguns bovinos adultos também eram atacados, tendo as orelhas arrancadas e diversos ferimentos pelo corpo, necessitando de tratamento médico de alto custo, perda de peso e leite.
Em um dos diversos boletins de ocorrência registrado pelo proprietário, ele cita que em um dia viu sua vaca ainda prenha, e no dia seguinte, encontrou o bezerro morto no pasto, um prejuízo já estimado em quase R$ 50.000,00 desde que a matança começou, há cerca de 4 meses.

Leia Também:  CRUZEIRO DO OESTE - Traficante é preso com 400 kg de droga em carro roubado

Um dos responsáveis pelos cães que atacavam o gado foi localizado pelos investigadores. Ele relatou que o proprietário dos cães, que era caçador, faleceu, e desde então os cachorros se juntavam com outros animais de propriedades vizinhas e passaram a agir com seus instintos, atacando o gado, que é uma presa fácil.
Segundo a polícia, as duas partes foram orientadas e decidiram tentar um acordo amigável para solução do problema. (Tá Sabendo/Informações Jornal Enfoque Regional).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA