CURIOSIDADES

O primeiro grande acidente aéreo na região de Curitiba em 1958

Publicados

em

Foi um avião “Convair”, como este da foto acima, que caiu em 1958 perto da Colônia Muricy, em São José dos Pinhais. Era o segundo grande acidente aéreo da história do Paraná, com 18 mortos, entre os 24 ocupantes. E o mais grave da região de Curitiba.

 

O final de tarde era de chuva forte, e o avião pode ter sido atingido pelo vento, quando se preparava para descer no Aeroporto Affonso Pena. Considerando o número de mortes, foi o segundo mais grave acidente da história paranaense. Morreram o então senador e ministro da Justiça, Nereu Ramos, o governador de Santa Catarina, Jorge Lacerda, e o deputado federal Leoberto Leal. Entre os mortos estavam ainda os cinco tripulantes, e o padre Osvaldo Gomes, um dos fundadores do Colégio Medianeira de Curitiba.

O avião tinha saído de Porto Alegre, com escala em Florianópolis. Em Curitiba o piloto sobrevoava a região, esperando autorização para descer, que viria da torre de controle do aeroporto. Mas houve preferência para uma decolagem. Logo a seguir o avião da Cruzeiro, pilotado pelo comandante Licínio Correia Dias, caiu na região de Capão do Cerrado, próximo à Colônia Muricy, em São José dos Pinhais, a 30 quilômetros de Curitiba.

Leia Também:  Conheça a história do montanhismo no Paraná

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CURIOSIDADES

A história do Porto de Paranaguá

Publicados

em

Por

Veja neste vídeo a história do Porto de Paranaguá, e a sua importância para o crescimento do estado.

 

Clique aqui para conhecer o grupo Memória Paranaense, criado por este portal no Facebook. Ao abrir a página, clique em “participar do grupo”. E ajude a preservar esta história.

Aqui está o grupo de memória de Paranaguá.

Aqui está o grupo “Memória da Navegação no Brasil”.

E aqui está a lista dos principais grupos de fotos antigas das cidades do Paraná, criados ou catalogados por esta coluna. Abra a página, clique em cima do nome da cidade escolhida, e depois de abrir a página, clique em “participar do grupo”. E ajude a contar a história de sua cidade, preservando fatos antigos e fotos. São todos grupos exclusivamente de fotos e vídeos antigos, não possibilitando a publicação de temas como política, religião, comercial, e outros assuntos fora do objetivo principal.

 

Clique aqui para encontrar outras publicações desta coluna
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Paraná ainda tem 241 mil unidades sem luz após ciclone; Curitiba soma 27 mil
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA