ESPORTES

Corinthians é goleado pelo Peñarol e está eliminado da Copa Sul-Americana

Publicados

em

O Corinthians foi goleado por 4 a 0 pelo Peñarol na noite desta quinta-feira (13) e está eliminado com duas rodadas de antecedência da Copa Sul-Americana.

Álvarez Martínez (três gols) e Canobbio marcaram os gols do duelo realizado no Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu, no Uruguai, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Após quatro rodadas, o Peñarol já garantiu a classificação para as oitavas de final com 12 pontos ganhos. River Plate Asunción (sete pontos), Corinthians (quatro pontos) e Sport Huancayo (nenhum ponto) aparecem em sequência na chave.

A quinta rodada da Copa Sul-Americana já será disputada na próxima semana, com o Corinthians recebendo o Sport Huancayo, às 21h30, da quinta-feira (20).

A Conmebol alterou o regulamento da Copa Sul-Americana para esta temporada, implantando uma fase de grupos na competição. Diferente da Copa Libertadores, apenas os líderes de cada chave irão avançar para as oitavas de final.

Leia Também:  Sylvinho estreia pelo Corinthians com derrota e pouca criatividade

PEÑAROL DOMINA NOVAMENTE O CORINTHIANS E CONQUISTA VAGA

O Peñarol conseguiu mais uma vez abrir o placar logo no início da partida contra o Corinthians. Aos quatro minutos, Trindade bateu escanteio no primeiro poste e Álvarez Martínez resvalou de cabeça para balançar as redes.

Álvarez Martínez continuou inspirado e ampliou o marcador aos 13 minutos. Facundo Torres lançou González na direita e o meia cruzou fechado, Cássio errou o corte e Martínez só empurrou a bola para o gol vazio.

Mesmo após os dois gols, o Peñarol seguiu melhor na partida. Aos 17 minutos, González recebeu na área, fintou Gil e bateu rasteiro para Cássio defender. O rebote ficou com Facundo Torres, que finalizou por cima da meta.

Facundo Torres ficou mais uma vez perto de balançar as redes aos 25 minutos. O meia recebeu na direita, limpou a marcação dupla e bateu rasteiro no poste esquerdo.

A primeira chance de perigo criada pelo Corinthians saiu aos 29 minutos. Camacho lançou Gustavo Mosquito na área, Kagelmacher furou o corte e Mosquito finalizou cruzado para Dawson espalmar.

Leia Também:  Atlético-MG vence Corinthians de virada e assume liderança

Roni teve boa chance para descontar o placar aos 41 minutos. Gustavo Mosquito deu bom passe para o volante na área, mas a finalização explodiu no travessão de Dawson.

No contra-ataque, o Peñarol ampliou o marcador aos sete minutos do segundo tempo. Ceppellini foi lançado na esquerda e encontrou Canobbio na área, com o meia batendo na saída de Cássio para balançar as redes.

Otero quase marcou um belo gol em Montevidéu. Aos 12 minutos, o venezuelano bateu falta lateral direto para a meta e carimbou o travessão de Dawson.

O Peñarol transformou o placar em goleada aos 23 minutos. Ceppellini aproveitou rebote do escanteio e cruzou para Álvarez Martínez finalizar para as redes.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Eliminatórias: com brilho de Neymar e Raphinha, Brasil goleia Uruguai

Publicados

em

Por

Com uma boa atuação de Neymar e Raphinha, o Brasil retomou o caminho das vitórias nas Eliminatórias para a Copa de 2022 (Catar) ao golear o Uruguai por 4 a 1, na noite desta quinta-feira (14) na Arena da Amazônia, em Manaus.

Não apenas o resultado foi importante, mas a forma como ele foi alcançado vale ser destacado. A equipe comandada pelo técnico Tite foi muito superior, sendo empurrada por 12.528 mil torcedores que acompanharam o confronto ao vivo.

Após a vitória, a seleção brasileira permanece na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa com 31 pontos.

Neymar e Raphinha decisivos

O camisa 10 da seleção brasileira mostrou desde os primeiros minutos que queria jogo. E, logo aos 2, criou sua primeira chance com um chute forte, que parou em defesa de Muslera.

Porém, aos 9 minutos o goleiro uruguaio não conseguiu fazer nada, quando Fred lançou Neymar, que, dentro da área, dominou no peito e se livrou de Muslera para finalizar com liberdade. Com este gol o camisa 10 se tornou o vice-artilheiro da competição com 7 gols (1 a menos que o boliviano Marcelo Moreno).

Leia Também:  Flamengo toma virada do Fluminense e perde chance de encostar no São Paulo

E o Brasil queria mais, e conseguiu aos 17 minutos, quando Neymar chutou, Muslera defendeu parcialmente e Raphinha aproveitou para ampliar.

A equipe comandada por Tite ainda tentou chegar ao terceiro no restante da etapa inicial, mas ele só veio aos 12 minutos do segundo tempo. E o gol foi fruto da parceria entre Neymar e Raphinha. Em jogada de velocidade, o camisa 10 enfiou em profundidade para o camisa 19, que avançou e bateu cruzado de esquerda.

Aos 31 minutos o Uruguai ainda conseguiu descontar com um belo gol, em cobrança de falta, do artilheiro Luis Suárez. Mas a noite era mesmo da seleção brasileira, que ampliou aos 37 minutos graças a gol de cabeça de Gabriel Barbosa, que aproveitou lindo lançamento de Neymar para fechar o placar.

Próximos compromissos

O Brasil volta a jogar pelas Eliminatórias para a Copa em Novembro, quando enfrenta a Colômbia e a Argentina.

Por Agência Brasil – Rio de Janeiro

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA