ESPORTES

Desfalcado, Palmeiras empata com o Ceará e avança às semifinais da Copa do Brasil

Publicados

em

O Palmeiras avançou às semifinais da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira. Com um total de 19 desfalques, o time alviverde contou com mais uma exibição brilhante de Raphael Veiga para sair na frente e cedeu o empate por 2 a 2 ao Ceará, resultado suficiente para avançar após o triunfo por 3 a 0 no Allianz Parque.

O inspirado Veiga fez dois no primeiro tempo e Ceará reagiu por meio de Vina e Tiago na etapa complementar. Na semifinal da Copa do Brasil, com jogos previstos para os dias 23 e 30 de dezembro, o Palmeiras enfrenta o América-MG, que eliminou o Internacional – os mandos de campo serão definidos por sorteio.

Pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo para pegar o Goiás às 21 horas (de Brasília) deste sábado, na Estádio Serrinha. O Ceará, por sua vez, tem duelo complicado contra o Atlético-MG às 16 horas de domingo, novamente no Castelão.

O Jogo – O Palmeiras foi o responsável pelo primeiro lance de perigo no Estádio Castelão, quando Zé Rafael acabou derrubado por Tiago na entrada da área. Encarregado de cobrar a falta, Raphael Veiga acertou a barreira e, no rebote, finalizou com perigo, à esquerda do gol de Fernando Prass.

Leia Também:  Vasco da Gama vence Goiás nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

O time alviverde inaugurou o marcador em Fortaleza aos 25 minutos do primeiro tempo. Raphael Veiga avançou pela esquerda e sofreu pênalti de Charles. Em uma cobrança precisa, o meia bateu no canto direito e viu Fernando Prass saltar para o lado oposto.

Com dificuldade para se aproximar do gol de Weverton, o Ceará tentou cruzar algumas bolas, mas não conseguiu levar perigo. Aos 49 minutos da etapa inicial, Lucas Lima levou até o fundo pela esquerda e cruzou para o habilidoso Raphael Veiga completar de letra.

O Ceará diminuiu a vantagem do Palmeiras aos 11 minutos do segundo tempo. Em bela jogada construída do lado esquerdo, Vina tabelou com Lima e, na cara do goleiro Weverton, finalizou com categoria para dar alguma esperança aos torcedores alvinegros.

O time da casa aproveitou o relaxamento do Palmeiras e empatou aos 16 minutos da etapa complementar. Bruno Pacheco cobrou escanteio pelo lado esquerdo e levantou dentro da área. Após cabeçada de Tiago, a bola bateu no travessão e quicou dentro do gol.

Aos 30 minutos do segundo tempo, Vina se jogou dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, mas, orientado pelo VAR, anulou a marcação após rever o lance pelo monitor. Para fortalecer a defesa, o auxiliar Vitor Castanheira trocou Lucas Lima por Gustavo Gomez e, com três zagueiros, defendeu o empate até o final.

Leia Também:  Flamengo segura empate com Racing e decide vaga no Maracanã

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 x 2 PALMEIRAS

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 18 de novembro de 2020, quarta-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Charles, Fernando Sobral, Felipe Baixola, Luiz Otávio, Bruno Pacheco e Alexandre Faganello (CEA); Ramires, Weverton e Patrick de Paula (PAL)
Cartão vermelho: Leandro Carvalho (CEA)
Gols:
CEARÁ: Vina (11 min do 2º Tempo) e Tiago (16min do 2º Tempo)
PALMEIRAS: Raphael Veiga (25min e 49min do 1º Tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Emerson Santos, Renan e Mayke; Patrick de Paula, Zé Rafael (Ramires) e Raphael Veiga (Lucas Esteves); Lucas Lima (Gustavo Gomez), Willian (Luiz Adriano) e Anibal (Marcelinho)
Técnico: Vitor Castanheira

CEARÁ: Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago, Luiz Otávio (Eduardo Brock) e Bruno Pacheco; Charles (Fabinho), Lima e Vina (Mateus Gonçalves); Leandro Carvalho (Léo Chú), Fernando Sobral (Wescley) e Felipe Vizeu
Técnico: Guto Ferreira

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Santos vence a LDU na altitude de Quito e abre vantagem nas oitavas da Libertadores

Publicados

em

Por

O Santos venceu a LDU por 2 a 1 na noite desta terça-feira, no Estádio Casa Blanca, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores da América. Os gols foram marcados por Soteldo e Marinho. Os visitantes balançaram as redes com Jhojan Julio.

O Peixe superou os desfalques e a altitude de 2850 metros em Quito, no Equador. Depois de primeiro tempo com muitos espaços na marcação, o Alvinegro voltou melhor para a etapa final, quando desempatou e sofreu menos na defesa.

Como o gol fora de casa é qualificado na Libertadores, o Santos pode empatar ou até perder por 1 a 0 para avançar às quartas de final. A decisão ocorrerá na próxima terça, também às 19h15 (de Brasília), na Vila Belmiro. 2 a 1 levaria a eliminatória para os pênaltis.

Antes de receber a LDU, o Peixe enfrentará o Sport no sábado, também na Vila, às 17h. O Alvinegro pode poupar parte dos titulares.

O JOGO

O Santos suportou a pressão inicial da LDU e aproveitou a primeira chance criada. Pará fez bonita jogada individual e cruzou para Soteldo fazer o gol aos cinco minutos.

Leia Também:  A partir de agosto, gasolina terá novas especificações no Brasil; veja o que muda

A partir daí, a LDU dominou o jogo. Com a posse de bola e melhor fisicamente, a equipe dona da casa empilhou chances. No minuto 27, Perlaza bateu para boa defesa de John. E nos acréscimos, veio o empate.

O Santos cedeu um contra-ataque no último lance da etapa inicial. Billy Arce avançou e bateu para ótima defesa do goleiro John. No rebote, Jhojan Julio subiu mais que Diego Pituca e Marinho e empurrou para as redes de cabeça.

SEGUNDO TEMPO

O Santos teve novamente a primeira chance. Dessa vez, porém, Gabbarini foi bem finalização forte de Marinho de fora da área aos dois minutos. Na sequência, Alcívar bateu forte e John segurou mais uma.

E quando o Peixe parecia longe do gol, Marinho apareceu. O atacante bagunçou a defesa da LDU e sofreu (e converteu) o pênalti. 2 a 1 em Quito para os brasileiros aos 13 jogados.

O Alvinegro ajustou a defesa e pouco sofreu. Quando a LDU assustou, o goleiro John defendeu. A saída de Jean Mota para a entrada de Wagner Leonardo foi decisiva para o resultado. John, Pará, Marinho e Soteldo foram os destaques da equipe de Marcelo Fernandes. Vantagem para a decisão na Vila Belmiro.

Leia Também:  Corinthians empata com Fortaleza com belo gol de Luan

FICHA TÉCNICA
LDU (EQU) 1 X 2 SANTOS

Data: 24 de novembro de 2020 (terça-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Casablanca, em Quito (EQU)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky e Julio Fernandez (ARG)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)
Cartões amarelos: LDU: Vega, Alcívar, Aguirre e Ordoñez. SANTOS: Luiz Felipe, Wagner Leonardo, Felipe Jonatan e Soteldo

GOLS:
LDU: Jhojan Julio, aos 46 minutos do 1T;
SANTOS: Soteldo, aos 6 minutos do 1T, e Marinho, aos 13 minutos do 2T.

LDU: Gabbarini; Perlaza (Zunino), Caicedo, Ordoñez e Cruz (Ayala); Villarruel, Alcivar, Vega (Caicedo), Quintero (Aguirre) e Billy Arce; Jhohan Julio e Martínez Borja
Técnico: Pablo Repetto

SANTOS: John, Pará, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Felipe Jonatan (Lucas Braga); Alison, Diego Pituca e Jean Mota (Wagner Leonardo); Marinho (Lucas Lourenço), Soteldo (Vinicius Balieiro) e Kaio Jorge
Técnico: Marcelo Fernandes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA