ESPORTES

Londrina vence EC São Bernardo e avança em primeiro na Copinha

Publicados

em

O Londrina venceu o EC São Bernardo por 4 a 1 na noite desta terça-feira (11) e avançou na liderança do Grupo 22 da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Kássio, Peu, Wilker (em cobrança de pênalti) e Cirilo marcaram os gols da vitória do Londrina. Felipe Donizete descontou para o EC São Bernardo.

A vitória deixou o Londrina com os mesmos seis pontos do EC São Bernardo, mas o Tubarão ficou com a liderança do Grupo 22 da Copinha pelo saldo de gols (2 a 1).

Na primeira fase do mata-mata da Copinha, o Londrina irá enfrentar o São Caetano, segundo colocado do Grupo 21. Data e local da partida ainda não foram definidos pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

LONDRINA MARCA RÁPIDO E DOMINA RIVAL EM SÃO BERNARDO

O Londrina iniciou melhor a partida e abriu o placar logo aos quatro minutos. Em tentativa de recuo para Diego, Kássio foi mais rápido, recuperou a bola e finalizou para o gol vazio.

Nova chance do Londrina aos 15 minutos. Kássio bateu escanteio da direita e Eduardo apareceu livre na área, testando por cima da meta de Diego.

O Tubarão ampliou o marcador aos 26 minutos. Léo realizou lançamento do campo de defesa, Peu ganhou da zaga, fintou Diego e empurrou a bola para as redes.

Leia Também:  Internacional vence o Bragantino e chega a nove triunfos seguidos

A pressão do Londrina seguiu aos 36 minutos. Wilker fez boa jogada pela direita e finalizou rente ao poste esquerdo de Diego.

Aos quatro minutos do segundo tempo, Guilherme Silva invadiu a área pela esquerda e foi derrubado por Romailson. Pênalti para o Londrina, convertido por Wilker, no canto direito.

O EC São Bernardo foi com tudo para cima após levar o terceiro gol. Aos nove minutos, Mateus Pereira finalizou da entrada da área, a bola desviou na marcação e Neneca defendeu com o pé.

O Cachorrão conseguiu descontar o marcador aos 19 minutos. Felipe Donizete foi acionado na entrada da área e testou firme no canto direito para balançar as redes.

Aos 21 minutos, Geovane lançou Gabriel Argentino na área e o atacante foi calçado por Jeílson. Pênalti para o EC São Bernardo, cobrado no canto esquerdo por Gabriel Argentino para defesa de Neneca.

Quando o placar já parecia decidido, o Londrina buscou o gol da classificação aos 46 minutos. Breno cobrou escanteio da direita e Cirilo completou de cabeça para o gol.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Com dois a menos, Palmeiras segura empate e se classifica nos pênaltis

Publicados

em

Por

Após um novo empate sem gols, o Palmeiras bateu o Atlético-MG por 6 a 5 na disputa de pênaltis e se classificou para as semifinais da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira (10) no Allianz Parque, em São Paulo.

O próximo adversário do Verdão sairá do confronto entre Athletico-PR e Estudiantes (Argentina), que voltam a se enfrentar nesta quinta-feira (11) em La Plata, após empate sem gols no confronto de ida na Arena da Baixada, em Curitiba.

Apesar de o confronto começar com um certo equilíbrio, o Palmeiras não demorou a assumir o comando das ações, tendo como melhor oportunidade uma bola cruzada na área por Dudu aos 7 minutos. O passe tinha como alvo Gustavo Scarpa, mas Arana foi mais esperto e conseguiu o corte.

O panorama começou a mudar aos 27 minutos, quando o volante Danilo foi expulso pelo juiz, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), após cometer falta dura em Zaracho. Com isso, o Verdão passou a ter uma postura mais conservadora, saindo menos para o ataque. Já o Galo apresentava muitas dificuldades de criar, tendo como melhor oportunidade da etapa uma finalização de primeira de Hulk após cruzamento de Mariano.

Leia Também:  Operário empata no fim com o Brusque, mas perde a chance de voltar ao G4 da Série B

Com desvantagem numérica, Abel Ferreira postou sua equipe de forma ainda mais fechada no segundo tempo. Sem espaços para jogar, o Galo encontrou muitas dificuldades de criar oportunidades. Já o Verdão compensou a ausência de um jogador com a maior capacidade técnica, para tentar fazer alguma coisa, como a finalização de Zé Rafael aos 10 minutos.

Cinco minutos depois o Atlético-MG teve sua oportunidade mais cristalina, quando Mariano levantou a bola na área, onde Jair chegou finalizando com muito perigo de peixinho. Aos 21 foi Allan quem chegou bem, em chute de fora da área que parou em defesa de Weverton.

A situação do Palmeiras se complicou ainda mais aos 36 minutos, quando Scarpa entrou de sola em Allan e acabou recebendo o cartão vermelho direto. A partir daí o Galo passou a colecionar boas oportunidades de marcar, como um chute de Hulk que passou raspando aos 46 minutos, um cruzamento do camisa 7 um minuto depois que terminou batendo na trave e um chute de muito longe de Junior Alonso que foi defendido por Weverton.

A questão é que do outro lado do gramado estava um Palmeiras muito valente, que segurou o 0 a 0 até o final dos 90 minutos, antes dos quais o chileno Vargas acabou expulso após receber o segundo cartão amarelo na partida.

Leia Também:  Grêmio vence São Paulo e abre vantagem por vaga na final da Copa do Brasil

Decisão nos pênaltis

Na decisão por pênaltis, Hulk abriu as cobranças batendo muito bem. Raphael Veiga não falhou para empatar. Nacho bateu no meio rasteiro para voltar a dar a vantagem ao Galo. O paraguaio Gustavo Gómez deslocou o goleiro para deixar em 2 a 2. O volante Jair acertou o ângulo em sua cobrança. E Zé Rafael bateu firme, no canto, e igualou novamente. Eduardo Sasha converteu a sua. O uruguaio Piquerez acertou uma bomba no ângulo, mas Junior Alonso chutou com categoria para fazer 5 a 4. Já Rony venceu a pressão e manteve a disputa aberta. Chegou então a vez de Rubens nas cobranças alternadas, e o volante bateu fraco, permitindo a defesa de Weverton. Restou então ao zagueiro Murilo a responsabilidade de decidir a disputa, e ele não falhou, garantindo uma classificação heroica do Verdão.

Após o confronto continental, o Palmeiras faz clássico com o Corinthians no sábado (13) pelo Brasileiro. Um dia depois o Atlético-MG visita o Coritiba no Couto Pereira.

 Por Agência Brasil – Rio de Janeiro

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA