ESPORTES

Ferroviária vence América de Cali e conquista bicampeonato da Libertadores Feminina

Publicados

em

A Ferroviária suportou a pressão na etapa final para conquistar pela segunda vez na história o título da Libertadores Feminina. A equipe brasileira derrotou neste domingo (21) o América de Cali-COL por 2 a 1. A final foi disputada no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires. A conquista é referente à temporada de 2020.

A equipe de Araraquara (277 km da capital) já havia levantado a taça em 2015. Na decisão de 2019, foi derrotada na decisão pelo Corinthians.

É o 9º título brasileiro na Libertadores Feminina. O São José ganhou em 2011, 2013 e 2014. O Santos foi campeão em 2009 e 2010 e, o Corinthians, em 2017 e 2019.

A Ferroviária foi melhor no primeiro tempo e contou com a ajuda da goleira Tapia Ramírez, que não conseguiu segurar uma cobrança de falta fraca e despretensiosa de Sochor, aos 7 minutos. Com mais passe de bola, o time paulista deu a impressão de que ganharia com facilidade mas, aos 38, Yasmin derrubou Robledo na área. Catalina Usme cobrou com categoria para empatar.

As colombianas nem tiveram tempo para comemorar e levaram o segundo. Aos 42, Aline Milene bateu bem colocado pênalti sofrido por Lurdinha. Foi o gol do título.

Leia Também:  Libertadores divulga datas e horários dos jogos da fase de grupos; Veja nova tabela

A Ferroviária recuou e deu espaços para o América nos últimos 45 minutos. A goleira Luciana, a exemplo do que já havia acontecido na semifinal, diante da Unversidad de Chile, foi destaque com grandes defesas. O clube colombiano também acertou duas bolas na trave, a última delas nos acréscimos.

A derrota confirmou maldição em finais de Libertadores do América, algo que já havia sido visto no masculino, onde foi vice em 1986, 1986, 1987 e 1996.

O título foi uma prova de resiliência da Ferroviária, que teve uma campanha irregular. Classificou-se na fase de grupos apenas pelos gols feitos e graças a uma combinação de resultados. Depois de derrotar o River Plate por 1 a 0 nas quartas de final foi aos pênaltis na semi. A Universidad de Chile chegou a estar a um pênalti da vitória, mas Luciana salvou as brasileiras.

Na disputa pelo terceiro lugar, o Corinthians (derrotado na semifinal pelo América da Cáli) goleou as chilenas por 4 a 0.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Lewis Hamilton vence GP da Espanha e iguala recorde de Senna

Publicados

em

Por

Lewis Hamilton, 36, venceu neste domingo (9) o GP da Espanha, quarta etapa da temporada 2021 do Mundial de F1. Foi o quinto ano consecutivo de vitória na corrida da Catalunha, que faz com que o piloto inglês repita um feito do brasileiro Ayrton Senna, vencedor em Mônaco cinco vezes seguidas (de 1989 a 1993).

Hamilton também acumula seis poles na pista espanhola (2014, 2016, 2017, 2018, 2020 e 2021). Neste sábado (8), ele foi o mais rápido no circuito da Catalunha, onde registrou a centésima pole position de sua carreira.​

​O piloto da Mercedes é também o que mais vezes largou na principal fila do grid, que soma a primeira e a segunda posição. Foram 162 vezes entre os dois primeiros.

Como foi a vitória de Lewis Hamilton

Na Espanha, Hamilton largou em primeiro e logo perdeu a liderança para o jovem holandês Max Verstappen, que a manteve até a 25 volta, quando entrou nos boxes para manutenção do carro. A parada, de 4.2 segundos, colocou o holandês em desvantagem até a 29ª volta, quando retomou a liderança.

Verstappen fazia uma boa corrida, mas a estratégia de parada da Mercedes funcionou melhor do que a da Red Bull, e Hamilton conseguiu diminuir a vantagem do holandês até ultrapassá-lo na volta de número 60.

Leia Também:  Após a terceira rodada veja como ficou a classificação do Campeonato Brasileiro 2020

O trajeto espanhol de 4.675 km e 66 voltas fica na cidade catalã de Montmeló, a 30 km de Barcelona e é considerado um bom termômetro de forças das equipes: conta com uma reta longa, curvas de diferentes velocidades e um trecho final tortuoso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

QUARTO CENTENÁRIO

PARANÁ

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA